Cannabis?

Mas isso não é uma droga que se fuma? Sim e não. É a resposta!

Enquanto entidade clínica de saúde natural e holística, na qual o tratamento por plantas medicinais é uma forma de prescrição, sentimos a necessidade de educar a população com informação científica de modo a que todos fiquem esclarecidos e assim possam decidir em consciência o que melhor querem para a sua saúde.

A Cannabis sativa é uma planta medicinal que desde há muitos milénios começou a ser usada tradicionalmente pelos povos para tratar enfermidades como a dor e as doenças neurológicas. Porém pela presença de um dos seus canabinóides, chamado THC, esta tem efeitos secundários psicoactivos e foi por este motivo que a humanidade a começou a fumar e a consumir como droga recreativa. Contudo existe aqui um equívoco importante a esclarecer: apenas o THC é psicoactivo, então e os outros canabinóides? Não, estes não são psicoactivos ou seja, tomá-los para melhorar a sua condição de saúde não vai ter nenhuma ação na sua consciência, não se vai sentir “mocado”, nem “drogado”.

A Cannabis sativa de acordo com o tipo de cultivo pode dar origem à Marijuana e ao Canhâmo. Se as condições forem programadas e favoráveis ao crescimento da Marijuana, então teremos uma planta com elevados níveis de THC, se pelo contrário as condições forem programadas e favoráveis ao crescimento do cânhamo, então teremos uma planta com baixos níveis de THC e altos níveis de outros princípios activos super importantes para a nossa saúde.

Importa também termos o conhecimento de que grande parte das nossas células têm receptores (portas de entrada) aos canabinóides. Significa isto que temos um sistema canabidóide! Ora a presença destes receptores faz com que a cannabis seja uma planta imperativa na manutenção do nosso estado de boa saúde.

Dos canabinóides mais interessantes destacam-se o CBD (potente anti-tumoral e potente anti-inflamatório), o CBDA (sensibilizador dos receptores da seretonina, muito útil por isso na depressão e insónia) e o CBG (modulador de neurotransmissores, ou seja muito eficaz no Parkinson, ansiedade, ataques de pânico, esgotamento, depressão).

É realmente um sem fim de doenças que o cânhamo vindo da Cannabis sativa pode tratar.
Conseguem encontrá-los sobre a forma de líquido tipicamente sendo que alguns laboratórios têm em cápsulas.

Caso queira mais informações em como esta planta o pode ajudar no seu estado de saúde marque uma consulta com as nossas naturopatas (Cátia Antunes e Joana Kouprianoff) ou especialistas da medicina tradicional chinesa (Joana Mouro Rodrigues e Zahra Patel).

Veja também

Cascais Clinical Center © 2021, Todos os direitos reservados
Marcar Consulta
Marque Online a sua consulta
ou ligue
+351 21 441 45 76